"So I think It’s Time For Us to Have a Toast" – Kanye West (Runaway)

Do pop colorido de Ta-Dah ao dance noturno e introspectivo de Night Work

Por Romulo Rodhrigues

O Scissor Sisters é uma banda pop, que mistura dance e música eletrônica, de Nova York. Temáticas relacionadas ao universo gay são elementos presentes, tanto na música quanto no estilo da banda liderada pelo vocalista Jake Shears, homossexual assumido. O último disco da banda, Ta-Dah, tornou os Scissor Sisters bastante conhecidos em todo o mundo, sendo o hit I Don’t Feel Like Dancing o grande responsável por isso.

De lá pra cá muita coisa mudou. No trabalho para criar o álbum sucessor, os integrantes se sentiram inseguros e chegaram a apresentar o material gravado, e quase finalizado, ao cantor Elton John. A banda queria o parecer do astro pop, e grande inspirador, sobre o trabalho novo. Porém, a recepção não foi boa. Elton John não gostou de nada e, por causa disso, a banda se desfez de todo o material gravado até então e começou do zero. E o resultado é Night Work, disco que tem como produtor Stuart Price, o mesmo que trabalhou em Confessions On A Dance Floor, de Madonna e que chega às lojas hoje. O Cactus Cultural ouviu e, assim como Elton John, dá o seu parecer.

A crítica: um álbum curto, básico, sem brilho e com alguns acertos

Não, nós não mandaríamos refazer Night Work nem jogaríamos o disco no lixo. Entretanto, o álbum deixa muito a desejar. Reconhecemos no disco influências de Elton John, Pet Shop Boys e até Pink Floyd. Soa como um Scissor Sisters com pouca maquiagem, de roupas sérias, num estilo básico e elegante. É como se alguém tivesse dito para a banda: “menos, menos…” E eles aceitaram. Night Work é um disco morno, sem brilho e pouco envolvente. Até fica difícil dizer se Night Work seria um copo meio vazio ou meio cheio (de qualidade). Mas há acertos: Fire With Fire (primeiro single) e Night Work são as melhores faixas do álbum, a primeira segue bem o estilo melódico de Elton John numa pegada mais dance e a segunda tem um ótimo clima de pista de dança oitentista com elementos de guitarra e efeitos eletrônicos. Empolgante. Mas a temperatura do álbum desce e oscila entre fria e morna a partir daí. Os pontos fracos do CD são as faixas Running Out e Night Life, absolutamente previsíveis e frias. Night Work surpreende pouco. Mas posso dizer que Fire With Fire, ao menos, foi um grande acerto da banda.

Ouça abaixo a faixa NightWork:

scissor sisters Night Work by diegoego

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Nuvem de tags

%d blogueiros gostam disto: