"So I think It’s Time For Us to Have a Toast" – Kanye West (Runaway)

Segunda Guerra Mundial e choque de culturas são o pano de fundo do filme alemão

Por Romulo Rodhrigues

A Alemanha é a grande favorita para levar essa Copa do Mundo da África. Por isso, no retorno da nossa série sobre filmes ambientados no continente africano, o Cactus traz um filme alemão que se passa no Quênia. O filme é Lugar Nenhum na África , dirigido por Caroline Link, de 2001.

O longa conta a história de uma família que foge da Alemanha e se instala no Quênia, leste da África, em 1938, pouco antes da 2ª Guerra Mundial estourar. Lá, o advogado Walter Redlich (Merab Nididze) passa a trabalhar numa fazenda, enquanto sua mulher Jettel (Juliane Köhler), filha de uma família burguesa, tenta se adaptar à nova vida. Regina (Lea Kurka), a filha do casal, cresce e aprende a língua e os costumes locais, encontrando no cozinheiro Owunor (Sidede Onyulo) um amigo. Quando a guerra está acabando, Walter recebe um convite para trabalhar como juiz em Frankfurt. Depois de tantos anos, a família Redlich aprende a amar o novo país e surge o conflito se voltarão ou não para a Alemanha com ele.

Confira abaixo o trailer do filme:

A história é baseada na autobiografia de Stephanie Zweig, na qual ela relata a fuga de uma família alemã de judeus para uma fazenda no Quênia. Em 2003 o filme ganhou o Oscar de Melhor filme estrangeiro.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Nuvem de tags

%d blogueiros gostam disto: