"So I think It’s Time For Us to Have a Toast" – Kanye West (Runaway)

Porém, o resultado naturalmente só será divulgado neste domingo


A corrida pelas estatuetas douradas está encerrada. Tudo já está decidido e sacramentado. E a revista Vanity Fair fez uma interessante análise da premiação deste ano. Confira o que extraímos de melhor:

‘O Discurso do Rei’ vence ‘A Rede Social’ e leva Melhor Filme

Essa é a afirmação da Vanity Fair. E parece que as chances disso acontecer são maiores do que o contrário. O tema da exaltação da vida e da auto-ajuda real deve superar a realidade dura e fria da lei do mais forte no Vale do Silício. E o que a Academia teria a dizer para A Rede Social?

“Você vai passar a sua vida pensando que o Oscar não gosta de você porque não fizeram uma boa campanha ou porque os membros da Academia adoram sotaques britânicos. Queremos que vocês saibam do fundo dos nossos corações que isso não é verdade. É porque você é um idiota.”

Será um domingo de Oscar sem surpresas? Muitos apostam que infelizmente sim. Brincadeiras a parte, A Rede Social tem sim chances, mas não chega a ponto de fazer os críticos apostarem no filme (mesmo que a grande maioria prefira o longa de David Fincher). Mas direção, trilha sonora, edição têm grandes chances de irem para A Rede Social. Porém, em trilha sonora a concorrência com A Origem é forte. O longa de Christopher Nolan é favorito para Edição e Mixagem de Som, além de Efeitos Visuais. Na categoria fotografia, parece que finalmente chegou a vez de Roger Deakins, que depois de muitas indicações pode finalmente levar um Oscar pelo seu trabalho em Bravura Indômita.

E esses rumores de que Annete Bening pode ganhar de Natalie Portman como Melhor Atriz? Sim, andam circulando pela internet. Seria aquela história de que a atriz mais jovem tem um grande caminho pela frente… Mas achamos que isso é alguma tentativa da Academia, plantando esses rumores, de tornar o prêmio mais óbvio da noite menos óbvio.

Está afim de mais “surpresas”?


Colin Firth e Christian Bale devem vencer Melhor Ator e Ator Coadjuvante, respectivamente. Já ouviu isso por aí, né? Será que não vem nenhuma surpresa? Ao menos uma incógnita: Melissa Leo e Hailee Steinfeld tornam a disputa por Melhor Atriz Coadjuvante mais emocionante. Apesar disso, Melissa ainda é a favorita.

Para fazer apostas seguras


Se você está preparando um bolão no trabalho, entre família ou amigos, não se esqueça das vitórias dadas como certas: Melhor Filme Estrangeiro – Em Um Mundo Melhor, Melhor Documentário – Trabalho Interno, Melhor Animação – Toy Story 3, Roteiro Original e Figurino – O Discurso do Rei, Maquiagem – O Lobisomem.

Apesar do tom descontraído da matéria, a Vanity Fair consultou críticos e colunistas especializados.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Nuvem de tags

%d blogueiros gostam disto: