"So I think It’s Time For Us to Have a Toast" – Kanye West (Runaway)

Alguns trechos da entrevista dada por Lady Gaga à revista NME estão sendo divulgados na internet


Veja a seguir alguns trechos da entrevista. Primeiro ela reage às críticas e acusações de plágio pela música Born This Way (Express Yourself e essa coisa toda):

“Não. Escuta. Que porra é essa…? Eu sou uma compositora. Já escrevi inúmeras músicas. Por que eu lançaria uma música e acharia que estou me dando bem em cima de todo mundo? Isso é absurdo. Que pergunta mais ridícula para se fazer. Eu vou olhar dentro dos seus olhos e dizer que eu não sou burra ou imbecil o suficiente para ver que eu teria roubado uma melodia. Se você colocar as músicas uma ao lado da outra, as únicas semelhanças estão na progressão de acordes. É a mesma que tem estado na disco music desde os últimos 50 anos. Só porque eu sou a única artista a colocar isso no Top 40 (parada de rádio da Billboard) em 25 anos, não significa que eu seja uma plagiadora, significa que eu sou inteligente pra caralho. Sinto muito.”

O entrevistador diz: “Parece que as críticas esfriaram um pouco as vendas das músicas…”

Há muita gente que quer me ver fracassar. Assim que eles veem algo para atirar, eles atiram e quanto maior eu me tornar, eu me transformo num alvo ainda maior. Ninguém nessa sala, em nenhum momento, olhou em volta e disse ‘Meu Deus! É ‘Express Yourself’!’ Nenhuma vez. Escuta. Eu juro pra você. Eu só posso ser sincera com você sobre isso.

O que as pessoas vão achar de Judas?

Não sei… Acho que vão amar. Eu só não quero que meus fãs… Eu não sei. É cansativo. Eu só não quero perpetuar essa merda. Eu sei que você quer abordar isso, mas é tão ridículo. Eu tava chocada pra caralho com isso. E tão engraçado ouvir você dizer ‘Deve ter sido uma homenagem’. Tipo, NÃO! Quando eu fizer uma homenagem, eu vou fazer com um grande sinal dizendo que eu fiz. Por que eu faria isso agora? Preciso de um drink agora. Eu só… Eu só tenho que dizer… (começa a chorar) Eu senti que sinceramente foi Deus que me enviou aquela letra e aquela melodia. Quando você sente que tem uma mensagem para dar ao mundo e as pessoas estão atirando flechas através disso… Não há como algo tão puro estar errado. (Pega um isqueiro da Marilyn Monroe) Eu preciso de um cigarro.

Você pode conferir esse trecho dessa entrevista aqui: http://i.imgur.com/ifARY.jpg

Mais sobre Judas: a diretora criativa de Lady Gaga, Laurieann Gibson defende a música da crítica dos religiosos:

“Não tocamos em coisas que não temos o direito de tocar, mas a inspiração, a alma e a ideia estão em estar longe da sua opressão, da sua obscuridade, do seu Judas, você pode entrar na  maravilhosa luz. Então é sobre a inspiração e nunca desistir. Criamos uma nova Jerusalém (sobre o clipe de Judas).

[Fonte: Superficial]

Comentários em: "Lady Gaga: “Eu não sou plagiadora, sou inteligente pra c@*@$#%”" (3)

  1. quando o diabo falar com ela então….

  2. Fabricio disse:

    Muito ridícula é ela, vamo combinar! Quanta baixaria, xingamento, se ela não fosse burra como afirmou não precisaria se defender xingando todo mundo desse jeito. A cada dia ela desce mais no meu conceito, primeiro a música que já ñ é mais igual da época do 1° cd, e cada entrevista ela fica mais tosca. Ela vive do plágio, e sempre vai ser assim..

    • gustavo santos disse:

      quem faz plágio é o seu paii !!
      ela não xingou ningém tosca !!
      lê direito a anttrevista e depois vem falar algo !!
      se coloca no lugar dela palhaça !!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Nuvem de tags

%d blogueiros gostam disto: