"So I think It’s Time For Us to Have a Toast" – Kanye West (Runaway)

Posts marcados ‘cinema’

Designer cria pôsteres pictográficos de filmes famosos!

O designer gráfico Viktor Hertz criou novos pôsteres para filmes famosos, utilizando apenas pictogramas. Segundo ele, o projeto de criação desses pôsteres está em andamento, portanto vêm mais por aí. O mais interessante é que nesses pôsteres, Viktor consegue extrair a ideia central do filme ou uma cena marcante e emblemática. A identificação é imediata. Confira alguns dos pôsteres abaixo:

Psicose

Homem-Aranha

Demônio

Sangue Negro

O Exorcista

O Bebê de Rosemary

Fahrenheit 451

Tubarão

Lolita

Para ver esses mais pôsteres criados pelo Viktor Hertz, acesse o Flickr dele: flickr.com

Elizabeth Taylor morre aos 79 anos

Redes de TV americanas reportam a morte da diva da sétima arte


Elizabeth é um dos maiores ícones do cinema mundial. Beleza e talento juntos transformaram a atriz num ícone. E além disso, a vida pessoal um tanto conturbada fizeram da estrela uma lenda no universo dos grandes mitos.

A atriz tinha 79 anos e havia sido internada há 2 meses com problemas cardíacos.

Taylor construiu uma carreira de sucesso e glórias, venceu 3 Oscar: 2 por Melhor Atriz em Quem Tem Medo de Virginia Woolf? (1967) e Disque Butterfield 8 (1961) e o outro foi o Jean Hersholt Humanitarian Award.

Lembramos que, como já informamos por aqui, existe um projeto de cinebiografia da atriz, com possível direção de Mike Nichols.

27 Fevereiro de 1932 – 23 de março de 2011

 

Vídeo mostra uma breve história do Design em Títulos de Filmes!

O vídeo foi exibido no Festival Multimídia South By Southwest

Para apresentar a competição “Excellence In Title Design” (Excelência em Design de Títulos), foi mostrado esse curto vídeo com uma montagem de títulos e fontes de filmes ao longo da história do cinema. E o resultado ficou sensacional.

Confira o vídeo exibido no SXSW:

As 10 Melhores Comédias de Todos os Tempos!

Site gringo elabora lista e elege as melhores comédias do cinema


O site College Humor decidiu consultar seus leitores para decidir quais são os melhores filmes de comédia de todos os tempos. Isso mesmo, de todos os tempos. E a lista é bem variada e o Top 10 chama atenção: praticamente só entraram filmes da década de 90 e 00, a exceção do 1º lugar. Nossos preferidos: Borat (48º) e Pequena Miss Sunshine (90º) aparecem no Top 100, mas bem que poderiam estar, no mínimo, no Top 20. Confira as 10 melhores comédias de todos os tempos, segundo o College Humor:

10. Como Enlouquecer seu Chefe

9Com a Bola Toda

8. Dias Incríveis

7Um Maluco no Golfe

6Todo Mundo Quase Morto

5. O Virgem de 40 Anos

4Superbad – É Hoje

3O Âncora: A Lenda de Ron Burgundy

2. Se Beber Não Case

1Monty Python em Busca do Cálice Sagrado

A lista completa com os 100 filmes está aqui: CollegeHumor.com

Wagner Moura vai estrear em Hollywood em Ficção Científica de Neill Blomkamp!

O astro de Tropa de Elite figura como um dos atores do elenco de Elysium


O filme é uma ficção científica ainda com plot não revelado. O que se sabe é que a história vai se desenrolar no futuro, 100 anos à frente. O diretor Blomkamp disse que será bastante violento e também único. Wagner integrará o elenco junto com Matt DamonSharlto CopleyJodie Foster. O que se sabe dos personagens é que Damon será um ex-presidiário.

E o mais interessante: Wagner Moura será o poderoso vilão, descrito como dono de um senso de humor louco.

De acordo com o THR, que reportou a notícia, a atuação do astro brasileiro nos dois filmes de Tropa de Elite, de José Padilha, chamou a atenção da equipe do novo projeto. As filmagens começam no verão (do hemisfério norte, a partir de junho).

Neill Blomkamp é conhecido pelo filme Distrito 9, sua estreia na área de longas-metragens. Pelo trabalho o diretor recebeu uma indicação ao Oscar e ao Globo de Ouro por Melhor Roteiro.

[Fontes: THR e Latino Review]

Os 10 maiores Erros do Oscar

Um site gringo elaborou uma lista com as 10 maiores injustiças cometidas pela mais importante premiação do cinema

A lista a seguir foi elaborada pelo site Salon.com. Clique e veja os detalhes. E toda a comoção em torno do filme O Discurso do Rei tem provocado o temor de que a Academia possa cometer mais uma injustiça esse ano e premiar o comum e não correr riscos.

‘Cidadão Kane’ perde para ‘Como Era Verde Meu Vale’

 

Apesar do filme vencedor ser considerado inteligente, agradável, muito bem produzido e encantador, o Oscar preferiu não correr riscos e premiar o já conhecido e premiado diretor John Ford (ele havia vencido em anos anteriores) a reconhecer o trabalho de Orson Welles em Cidadão Kane. Resultado: hoje, o filme de Welles é considerado o melhor e mais importante filme do século XX e seu diretor ganhou status de gênio.

A Academia premia Grace Kelly ao invés de Judy Garland em 1955

Apesar das concorrentes desse Oscar na categoria melhor atriz terem desempenhado grandes interpretações, foi a vitória que não refletiu o significado e a importância do que foi a atuação de Judy Garland em Nasce Uma Estrela. Grace Kelly havia vencido todos os prêmios anteriores. Era como se ela tivesse chegado à cerimônia com a obrigação de ganhar o prêmio. E hoje, Judy Garland e seu personagem em Nasce Uma Estrela são considerados inesquecíveis.

‘Confidências à Meia-Noite’ vence o Oscar de Melhor Roteiro Original

O roteiro desse filme foi escrito por Stanley Shapiro e Maurice Richlin. Todos consideram que qualquer um de seus concorrentes mereciam muito mais a estatueta. Notem os filmes que concorriam com Confidências: Morangos Silvestres, de Ingmar Bergman, Os Incompreendidos, de Francois Truffaut e Marcel Moussy, Intriga Internacional, de Ernest Lehman e Operação Petticoat, de Blake Edwards. Todos e principalmente este último são considerados superiores ao vencedor.

‘Planeta dos Macacos’ vence ‘2001: Uma Odisseia no Espaço’ em 1969

Nessa época, a Academia ainda não tinha a categoria de Melhor Maquiagem. Por isso, eles premiavam esporadicamente algumas produções que se destacavam. Foi o caso de Planetas dos Macacos, que inegavelmente tem um ótimo trabalho nessa área. Mas o filme de Stanley Kubrick tem um trabalho ainda melhor e hoje é um marco do cinema.

‘Rocky, um Lutador’ derrota ‘Todos os Homens do Presidente’, ‘Esta Terra É Minha’, ‘Taxi Driver’ e ‘Rede de Intrigas’

Apesar de Rocky ser um bom filme, a superioridade de seus concorrentes é inegável. Em 1977 o melhor filme não foi o melhor filme.

‘Gente Como a Gente leva’ o Oscar de Melhor Filme em 1981

Os concorrentes eram: A Filha do Mineiro (Michael Apted), Tess – Uma Lição de Vida (Roman Polansky), O Homem Elefante (David Lynch) e Touro Indomável (Martin Scorsese). A Academia, mais uma vez, preferiu premiar o filme menos ousado e mais convencional. O filme do diretor Robert Redford é muito menos aclamado atualmente que Touro Indomável, por exemplo.

A vitória de ‘Dança com Lobos’ em 1991

Os Bons Companheiros era o outro principal concorrente naquele ano. Para justificar, o Salon.com propõe a pergunta: “Imagine que os dois filmes estão passando ao mesmo tempo em canais diferentes na TV. Qual você assiste?”. Segundo o site, o longa de Martin Scorsese é melhor que o vencedor, de Kevin Costner.

‘Shakespeare Apaixonado’ derrota ‘O Resgate do Soldado Ryan’

O longa de Spielberg é considerado superior ao vencedor em inúmeros aspectos e também um épico muito fiel à história, além de ser uma produção grandiosa e bem executada. Shakeaspeare Apaixonado também é um excelente filme, mas não seria superior a seu principal concorrente. Além disso, houve uma campanha contra o Resgate do Soldado Ryan, organizada pela Miramax, o que contribuiu para o resultado.

Roberto Benigni leva o Oscar de Melhor Ator em 1999

A Vida É Bela é realmente uma excelente obra, aclamada mundialmente, mas a vitória de Benigni nesta categoria parece não ter sido muito aceita. Seus concorrentes eram Tom Hanks (O Resgate do Soldado Ryan), Nick Nolte (Temporada de Caça), Edward Norton (A Outra História Americana) e Ian McKellen (Deuses e Monstros).

‘Crash’ é o Melhor Filme em 2006 e não ‘Brokeback Mountain’

A intensa e proibida história de amor entre um casal de cowboys homossexuais não comoveu a Academia, que preferiu o tema do racismo e o grande roteiro de Crash. Mas ao final da década, o filme de Ang Lee aparecia em todas as listas dos melhores da década, sempre no top 10. Crash muitas vezes nem foi citado. Na lista dos filmes que definiram a década, do jornal Telegraph, Crash ocupa a 98ª posição e Brokeback Mountain, a 2ª.

 

Nasce Uma Estrela: remake do filme terá Clint Eastwood na direção e deve ser estrelado por Beyoncé

Clint Eastwood está confirmado na direção e na produção do filme


Nasce uma Estrela será o 3º remake baseado no roteiro do filme original, de 1937, estrelado por Janet Gaynor e Fredric March. O roteiro original era um drama, mas em 1954 o filme foi transformado em um musical, com Judy Garland como protagonista. Finalmente em 1976, o filme ganhou outra refilmagem com Barbra Streisand no papel principal.

A história fala sobre uma jovem artista que se casa com uma estrela decadente e enquanto seu sucesso aumenta cada vez mais, a carreira do seu amado já viveu dias melhores. Mas esse roteiro original será adaptado. Dessa vez, uma jovem cantora se apaixona por um veterano rock star. Será mais parecido com o roteiro de 1976, porém sem a parte do “astro decadente”.

O personagem está sendo desenvolvido para Beyoncé e a Warner está em busca do possível parceiro da estrela.

Enquanto isso, Clint Eastwood está prestes a começar a filmar J.Edgar, a cinebiografia do ex-diretor do FBI, J. Edgar Hoover. O elenco conta com: Leonardo DiCaprio, Armie Hammer, Josh Lucas e Judi Dench.

Nuvem de tags

%d blogueiros gostam disto: