"So I think It’s Time For Us to Have a Toast" – Kanye West (Runaway)

Posts marcados ‘Elton John’

Linha do Tempo da Música Pop: saiba como surgiu Born This Way e a inteligência de Lady Gaga

O novo hino da música pop é cheio de referências e reverências ao passado da música pop

O mundo parou na sexta-feira, 11/02, para ouvir a estreia de Born This Way, o aguardado novo single do fenômeno Lady Gaga. Apesar de prometer uma revolução no gênero, Gaga fez, na verdade, um hino a favor da diversidade, autoestima, antipreconceito e autoafirmação. Born This Way é um caldeirão de referências. Não é apenas um hino gay, mas também pode ser feminista, pró-minorias ou mesmo apenas um poderoso hit de pistas de dança, extremamente radiofônico e powerpop.

[Ouça Born This Way]

Muitos compararam com Express Yourself, da Madonna. Realmente as semelhanças são muitas. Originalidade definitivamente não é o ponto alto de BTW. Aliás, a história da música pop traz outros grandes hinos, sejam gays, pró-diversidade e auto-estima. Dois hinos de liberdade, por Queen e George Michael, uma balada pelo auto-conhecimento por Elton John, dois hits de pista de dança e hinos gays por Gloria Gaynor e Abba. E ainda: um grito antipreconceito por Michael Jackson, dois apelos antibullying por Christina Aguilera e Katy Perry e provavelmente o sêmen de Born This Way, Express Yourself por Madonna.

Veja a linha do tempo que preparamos e perceba como a música pop sempre se recicla e músicas como Born This Way vez ou outra alcançam as paradas de sucesso e se transformam em grandes hinos pop:

Essas são apenas algumas das Born This Way que sempre surgem ao longo do ciclo pop. Algumas ficaram de fora, como Being Boring dos Pet Shop Boys. Mas escolhemos aquelas que consideramos as mais representativas.

Night Work do Scissor Sisters finalmente chega às lojas

Do pop colorido de Ta-Dah ao dance noturno e introspectivo de Night Work

Por Romulo Rodhrigues

O Scissor Sisters é uma banda pop, que mistura dance e música eletrônica, de Nova York. Temáticas relacionadas ao universo gay são elementos presentes, tanto na música quanto no estilo da banda liderada pelo vocalista Jake Shears, homossexual assumido. O último disco da banda, Ta-Dah, tornou os Scissor Sisters bastante conhecidos em todo o mundo, sendo o hit I Don’t Feel Like Dancing o grande responsável por isso.

De lá pra cá muita coisa mudou. No trabalho para criar o álbum sucessor, os integrantes se sentiram inseguros e chegaram a apresentar o material gravado, e quase finalizado, ao cantor Elton John. A banda queria o parecer do astro pop, e grande inspirador, sobre o trabalho novo. Porém, a recepção não foi boa. Elton John não gostou de nada e, por causa disso, a banda se desfez de todo o material gravado até então e começou do zero. E o resultado é Night Work, disco que tem como produtor Stuart Price, o mesmo que trabalhou em Confessions On A Dance Floor, de Madonna e que chega às lojas hoje. O Cactus Cultural ouviu e, assim como Elton John, dá o seu parecer.

A crítica: um álbum curto, básico, sem brilho e com alguns acertos

Não, nós não mandaríamos refazer Night Work nem jogaríamos o disco no lixo. Entretanto, o álbum deixa muito a desejar. Reconhecemos no disco influências de Elton John, Pet Shop Boys e até Pink Floyd. Soa como um Scissor Sisters com pouca maquiagem, de roupas sérias, num estilo básico e elegante. É como se alguém tivesse dito para a banda: “menos, menos…” E eles aceitaram. Night Work é um disco morno, sem brilho e pouco envolvente. Até fica difícil dizer se Night Work seria um copo meio vazio ou meio cheio (de qualidade). Mas há acertos: Fire With Fire (primeiro single) e Night Work são as melhores faixas do álbum, a primeira segue bem o estilo melódico de Elton John numa pegada mais dance e a segunda tem um ótimo clima de pista de dança oitentista com elementos de guitarra e efeitos eletrônicos. Empolgante. Mas a temperatura do álbum desce e oscila entre fria e morna a partir daí. Os pontos fracos do CD são as faixas Running Out e Night Life, absolutamente previsíveis e frias. Night Work surpreende pouco. Mas posso dizer que Fire With Fire, ao menos, foi um grande acerto da banda.

Ouça abaixo a faixa NightWork:

scissor sisters Night Work by diegoego

Nuvem de tags

%d blogueiros gostam disto: