"So I think It’s Time For Us to Have a Toast" – Kanye West (Runaway)

Posts marcados ‘Michael Jackson’

Lista: Os melhores videoclipes de todos os tempos!

A Rolling Stone pediu e os leitores escolheram. Confira abaixo o resultado divulgado pela revista americana


Curiosidade: não tem nenhuma mulher na lista! Esqueceram de Madonna, Cyndi, Gaga, Aguilera, Beyoncé, Björk, Britney, Grace Jones… Ok. Vamos falar sobre o resultado. A revista fez a clássica pergunta a seus leitores: “Qual é o melhor videoclipe de todos os tempos?” e os leitores responderam. Tem os polêmicos e fortes Closer e Jeremy, o apocalíptico Black Hole Sun, os pioneiros e modernos (para a época) Take On Me e Sledgehammer, o clássico e cinematográfico November Rain e os criativos Learn To Fly e Weapon Of Choice. Tem também o histórico e original Smells Like Teen Spirit e… Bem, você sabe, Thriller do Michael Jackson, que dispensa qualquer comentário, a não ser pelo fato de que artistas como Kanye West, Lady Gaga e Green Day, por exemplo, se inspiram no Rei do Pop em seus próprios clipes.

10. Pearl Jam – Jeremy

9. Nine Inch Nails – Closer

8. Soundgarden – Black Hole Sun

7. Foo Fighters – Learn To Fly

6. Fatboy Slim – Weapon Of Choice

5. Guns N’ Roses – November Rain

4. A-ha – Take On Me

3. Nirvana – Smells Like Teen Spirit

2. Peter Gabriel – Sledgehammer

1. Michael Jackson – Thriller

Estrelas da música e do cinema sob as lentes do polêmico e exuberante David LaChapelle

lachapelle-5049

David LaChapelle

David LaChapelle é um dos fotógrafos mais aclamados no mundo pop. Conhecido pela grande extravagância, LaChapelle sempre procura extrair de seus fotografados o apelo sexual. Além disso cria cenários excêntricos, multicoloridos e abusa de referências. Ele já trabalhou para revistas como Interview (no início da carreira), Photo, GQ, Vogue, Vanity Fair e Rolling Stone. O novaiorquino tem um grande número de celebridades em seu currículo. David já conseguiu extrair as mais evidentes facetas de seus modelos e você pode conferir tudo na galeria especial que montamos abaixo com astros da música e do cinema:

Michael Jackson

Madonna

Lady Gaga

Kanye West

Britney Spears

Christina Aguilera

Eminem

(mais…)

Linha do Tempo da Música Pop: saiba como surgiu Born This Way e a inteligência de Lady Gaga

O novo hino da música pop é cheio de referências e reverências ao passado da música pop

O mundo parou na sexta-feira, 11/02, para ouvir a estreia de Born This Way, o aguardado novo single do fenômeno Lady Gaga. Apesar de prometer uma revolução no gênero, Gaga fez, na verdade, um hino a favor da diversidade, autoestima, antipreconceito e autoafirmação. Born This Way é um caldeirão de referências. Não é apenas um hino gay, mas também pode ser feminista, pró-minorias ou mesmo apenas um poderoso hit de pistas de dança, extremamente radiofônico e powerpop.

[Ouça Born This Way]

Muitos compararam com Express Yourself, da Madonna. Realmente as semelhanças são muitas. Originalidade definitivamente não é o ponto alto de BTW. Aliás, a história da música pop traz outros grandes hinos, sejam gays, pró-diversidade e auto-estima. Dois hinos de liberdade, por Queen e George Michael, uma balada pelo auto-conhecimento por Elton John, dois hits de pista de dança e hinos gays por Gloria Gaynor e Abba. E ainda: um grito antipreconceito por Michael Jackson, dois apelos antibullying por Christina Aguilera e Katy Perry e provavelmente o sêmen de Born This Way, Express Yourself por Madonna.

Veja a linha do tempo que preparamos e perceba como a música pop sempre se recicla e músicas como Born This Way vez ou outra alcançam as paradas de sucesso e se transformam em grandes hinos pop:

Essas são apenas algumas das Born This Way que sempre surgem ao longo do ciclo pop. Algumas ficaram de fora, como Being Boring dos Pet Shop Boys. Mas escolhemos aquelas que consideramos as mais representativas.

Cactus on Grammy 2011: Veja quais são os maiores vencedores do Grammy em uma única edição!

A noite do Grammy Awards às vezes consagra um único artista

Neste ano, 6 indicados podem entrar nessa lista: Eminem (10 indicações), Bruno Mars (7 indicações), Jay-Z, Lady Gaga e Lady Antebellum (6 indicações). Jeff BeckB.o.B, David FrostPhilip LawrenceJohn LegendThe Roots também podem ter uma grande e vitoriosa noite (5 indicações). Mas não é fácil alcançar essa marca e poucos artistas igualaram ou superaram a marca de 5 gramofones recebidos em uma única noite. Veja abaixo:

Michael Jackson – 8 Grammys em 1984

Santana – 8 Grammys em 2000

Quincy Jones – 6 Grammys em 1991

Eric Clapton – 6 Grammys em 1993

Beyoncé – 6 Grammys em 2010

Lauryn Hill – 5 Grammys em 1999

Alicia Keys – 5 Grammys em 2002

Norah Jones – 5 Grammys em 2003

Beyoncé – 5 Grammys em 2004

Amy Winehouse – 5 Grammys em 2008

Alison Krauss – 5 Grammys em 2009

Eminem pode superar os grandes recordistas. Bruno Mars pode subir no pódio. Nenhuma mulher pode superar Beyoncé, apenas alcançá-la. O que será que a 53ª edição do Grammy Awards nos reserva? Uma grande consagração? Será que a Academia deixará Eminem tomar o posto de Michael Jackson? Vamos esperar pra ver!

20 Comerciais estrelados por ícones da música!

O site da Revista Billboard selecionou 20 comerciais clássicos estrelados por grandes nomes da música. De Madonna a Michael Jackson, passando por Beyoncé, vários ótimos comerciais fazem parte da lista. A Pepsi é marca que mais gosta de recrutar superestrelas para fazerem seus comerciais. Mas o Cactus Cultural adicionou mais 5 comerciais à lista. Confira!

 

 

Britney, Pink, Beyonce, Enrique Iglesias – Pepsi

David Bowie – Bottled Water

Lionel Richie – batatas chips Extra Crunchy

Michael Jackson – Suzuki Scooters

Wham! – Maxell fitas cassette

Beyonce and Jennifer Lopez – Pepsi

50 Cent e Jay-Z – Reebok

The Carpenters – Chocolate ao leite Morinaga

Madonna – BMW

The Jackson 5 – Cereal Alpha-Bits

(mais…)

Michael Jackson: Há 1 ano morria o Rei do Pop

Em 25 de junho de 2009, o mundo parou por causa da notícia da morte do maior artista vivo da música pop

Por Romulo Rodhrigues

Todos certamente se lembram exatamente o que faziam no momento em que foram informados sobre a morte de Michael Jackson. Me lembro que era por volta de 7, quase 8 horas da noite quando estava numa aula na faculdade e de repente um colega entra na sala e anuncia a morte de Michael Jackson. Ninguém acreditou na notícia. A medida em que o tempo ia passando percebíamos que era verdade e queríamos saber mais detalhes sobre o ocorrido. Provavelmente muitas pessoas foram surpreendidas na rua, no shopping ou num restaurante, ou seja, tiveram suas rotinas quebradas pela notícia da morte do maior ícone da nossa música até então. Você provavelmente também, se lembra do que estava fazendo naquele dia e naquela hora.

Naquele momento Michael Jackson saía da vida para entrar pra história. Somente a morte consagra os grandes mitos. O dia seguinte foi atípico: rádio e TV dedicados quase que exclusivamente a trazer informações sobre a tragédia da morte do cantor. Nas ruas, nunca ouvi tanto Michael Jackson, era como se a morte dele tivesse trazido vida à sua música. Acusações de pedofilia e excentricidades sucumbiram diante da arte remanescente do artista.

O pior foi que sua morte se deu às vésperas da estreia da turnê definitiva This Is It, que o cantor faria em Londres no mês seguinte. Nela, Michael apresentaria os grandes sucessos de sua carreira, uma carreira que talvez nenhum artista posterior deve conseguir superar. Nem o próprio Michael foi capaz de superar a si mesmo. A fase de Thriller representou o ápice de uma carreira brilhante, o topo. E como não há nada além do topo, para avançar é preciso descer. Foi o que fez Michael Jackson. Pressionado pela imprensa e pela indústria, o cantor travou uma luta contra si mesmo e acabou perdendo. Restou a figura de um dos maiores artistas contemporâneos, o ídolo, o ícone.

A seguir vamos conferir uma videografia selecionada do Rei do Pop:

Para começar, o início de tudo nos Jackson 5. O menino prodígio:

Off The Wall e a afirmação de Michael Jackson:

Thriller, o auge:

Em Bad o sucesso continua, mas com menos brilho:

Dangerous supera Bad graças ao clipe Black or White:

Em HIStory, grandes sucessos, músicas inéditas e o início do declínio:

Invincible, a luta de Michael Jackson contra seu eu invencível:

E junto com sua morte, o ícone da música leva consigo recordes que provavelmente não serão batidos: O disco mais vendido da história, o clipe mais caro já feito, a maior campanha de marketing já realizada para um disco, entre outros. Michael Jackson foi um mito que nem o próprio conseguiu superar e que a história e o tempo cuidarão de eternizar.

Nuvem de tags

%d blogueiros gostam disto: