"So I think It’s Time For Us to Have a Toast" – Kanye West (Runaway)

Posts marcados ‘Radiohead’

Radiohead vai lançar jornal gratuito! Entenda como será:

O próximo álbum do Radiohead chega às lojas no dia 28 de março

Como forma de promoção do novo disco, The King Of Limbs, a banda decidiu criar um novo jornal. Isso mesmo, um jornal de papel, que estará disponível em algumas bancas ao redor do mundo. O jornal se chama The Universal Sigh e já conta com um site próprio, onde é possível saber em que cidades e bancas a publicação estará disponível.

Clique na imagem abaixo e visite o site:

Quem acessou o site pôde notar que nenhuma banca de jornal aqui do Brasil contará com um exemplar do TUS. Uma pena. Mas achamos a iniciativa muito legal e, convenhamos, que os fãs vão querer uma edição do The Universal Sigh de qualquer maneira. Ainda não se sabe que tipo de conteúdo o jornal irá publicar.

Abaixo, uma imagem do jornal publicada pelo Pitchfork:

Enquanto várias empresas jornalísticas ao redor do mundo iniciam (algumas já até concluem) o processo de digitalização dos jornais, o Radiohead lança um jornal de papel, com produção livre de emissão de Carbono, como informaram no próprio site. Depois do “pague o quanto você acha que vale” do In Rainbows, a estratégia de promoção do novo álbum parece ter encontrado mais uma ideia criativa.

Anúncios

Quem são os Músicos favoritos (e inusitados) dos seus Ídolos?

Quem é fã, já deve saber. Mas quem não é vai se surpreender com o gosto musical de músicos famosos. Descubra porque os músicos preferidos dos seus artistas favoritos às vezes não são tão óbvios quanto pensamos:

Alex Turner ~ Beyoncé

O vocalista do Arctic Monkeys declarou que gostava de Beyoncé quando a diva americana bateu os ingleses nas paradas do Reino Unido na ocasião do lançamento de Brianstorm, primeiro single de Favorite Worst Nightmare:

“How does a tune like ‘Brianstorm’ challenge Beyoncé? For us to even get near that world with such a strange tune is a good thing. Beyoncé can have the number one. I’ve always been a fan of hers. I love her.”

Como que uma música como Brianstorm poderia competir com Beyoncé? Para nós, ao menos chegar perto desse mundo com uma canção tão estranha é uma coisa boa. Beyoncé pode ficar com o nº 1. Sempre fui fã dela. Eu a adoro.

The Digital Spy, junho de 2007.

Beyoncé – Halo

Vídeos do VodPod não estão mais disponíveis.

Shakira ~AC/DC

Shakira é uma roqueira declarada, fã de bandas clássicas como Led Zeppelin, Rolling Stones, Nirvana, The Police… E, é claro, AC/DC. Tanto que a colombiana fez uma cover dos australianos. Alguém se lembra de Back In Black, versão Shakira? Os fãs do AC/DC não gostaram muito da homenagem, mas a paixão de Shakira pelo rock a faz incorporar o estilo à sua música.

“I’m a diehard AC/DC fan. I kill for ’80s music, especially AC/DC. I wanted to cover that song and it was a perfect opportunity to do it.”

Sou uma fã fervorosa de AC/DC. Morro pelas músicas dos anos 80, especialmente AC/DC. Eu queria fazer uma cover dessa música e essa foi a oportunidade perfeita.

Stars On Top (entrevista ao VH1)

Shakira – Back In Black

[youtube-http://www.youtube.com/watch?v=RRGuF0olT1s]

Marcelo Camelo ~ Bon Jovi

Em entrevista à Folha de SP, Marcelo Camelo confessou sua paixão de longa data pela veterana banda de rock Bon Jovi.

“O que você quer saber? -Como comecei na música? Bem, até os 15 anos eu ouvia muito Bon Jovi. Durante cinco anos, foi só Bon Jovi. Sei o nome dos caras todos, conheço as tatuagens. É, os negos me sacaneiam até hoje, não é, cara? Gostar do Bon Jovi. Outro dia eu achei um calendário dele e botei na geladeira. Os amigos ficam rindo de mim, que engraçado.”

Folha de SP, novembro de 2008.

Bon Jovi – It’s My Life

Rihanna ~ Paramore

Recentemente Rihanna revelou suas grandes paixões à revista Vanity Fair. E em meio a tantas coisas, lá estavam seus performers preferidos: Jay-Z e Paramore. Ok, o Jay-Z não era nenhuma novidade. O que realmente surpreendeu foi o Paramore. Parece que a ruiva Hayley Williams criou uma certa sintonia com a hiper ruiva Rihanna.

Confira a prova: Vanity Fair, janeiro de 2011.

Paramore – Brick By Boring Brick

Lady Gaga ~ Iron Maiden

Não, se você pensou em Elton John, Madonna, David Bowie, Cyndi Lauper, se enganou. Além dessas, Lady Gaga também gosta de Black Sabbath e, quem diria, Iron Maiden!

“Eu amo Black Sabbath, Iron Maiden. Eu costumava cantar ‘Run To The Hills’ com cocares indígenas e biquínis correndo em volta do palco com um lança chamas… era uma aberração incrível!”

Daily Star, março de 2009.

Iron Maiden – Run To The Hills

Kurt Cobain ~ Iggy And The Stooges

Kurt Cobain, o lendário vocalista do Nirvana tem várias referências na música, até mesmo a banda brasileira Mutantes. Mas Iggy And The Stooges também faz parte dessa lista. O performático e elétrico Iggy Pop é um dos grandes ídolos de Kurt, que sempre dizia que Raw Power é o melhor disco que já ouviu.

“Iggy Pop was my total idol.”

Iggy Pop era meu ídolo total.

Stereogum, no especial 20 músicas que influenciaram Kurt Cobain, em dezembro de 2006.

Iggy And The Sooges – Search And Destroy

Kanye West ~ Red Hot Chili Peppers

Além dos ídolos do mundo do Rap e do Hip Hop, Kanye West também tem uma grande admiração por uma das grandes bandas do rock mundial, o Red Hot Chili Peppers.

“I think of melodies, I think of really strong melodies and stuff (…) You know, [Red Hot Chili Peppers’] Anthony Kiedis wasn’t the best singer in the world, but that’s my favorite group.”

Eu penso nas melodias, penso nas melodias fortes e tal (…) Sabe, o Anthony Kiedis (do RHCP) não era o melhor cantor do mundo, mas esse é a minha banda favorita.

Gigwise, novembro de 2008.

Red Hot Chili Peppers – Californication

Julian Casablancas ~ Sam Cooke

Para quem não conhece, Sam Cooke é considerado um dos grandes cantores e compositores do R&B. E para Julian Casablancas, o autor de sua música favorita, A Change Is Gonna Come. Um hino regravado por vários artistas e reverenciado pelo vocalista dos Strokes:

“When I hear Sam Cooke’s ‘A Change Is Gonna Come’, it frustrates me because no matter how hard I try, I can never be that good.”

Quando eu escuto A Change Is Gonna Come, do Sam Cooke, eu fico frustrado, por que sei que não importa o quanto eu tente, eu nunca poderei ser tão bom assim.

Julian Casablancas (Rolling Stone, 2003)

Sam Cooke – A Change Is Gonna Come

Vídeos do VodPod não estão mais disponíveis.

Jack White ~ Arctic Monkeys

O disco de estreia do Arctic Monkeys foi um fenômeno. Aclamado pela crítica, a banda britânica recebeu até o título de “a salvação do rock”. Mas eles também conquistaram grandes fãs famosos e um deles é Jack White, da extinta The White Stripes:

“I love the Arctic Monkeys. Who doesn’t? I’d love to see them live, but haven’t got round to it yet. I never get to see bands because I’m never in the same town for more than two seconds.”

Eu amo os Arctic Monkeys. Quem não ama? Eu adoraria vê-los ao vivo, mas ainda não tive a oportunidade. Nunca consigo ver as bandas porque nunca estou na mesma semana por mais de duas semanas.

NME, março de 2006.

Arctic Monkeys – I Bet That You Look Good On The Dancefloor

Christina Aguilera ~ Radiohead

A diva de voz poderosa surpreendeu ao dizer que gostava de Radiohead. E até já marcou presença em um dos shows da banda. Não só pelo gosto, mas pelo fato de gostar de ouvir a voz de Thom Yorke enquanto faz sexo. Foi isso que disse Christina Aguilera, quando revelou que ouvir a si própria não era uma boa ideia, já que ela se dispersava analisando sua própria performance vocal:

“I’d be too busy analyzing my own voice. I get very nitpicky. I like listening to Thom Yorke from Radiohead. That’s good sexy-time music.”

Eu ficaria muito ocupada analisando a minha voz. Fico muito crítica. Gosto de ouvir Thom Yorke do Radiohead. Música perfeita para a hora do sexo.

Em entrevista ao Grammy Awards, em 2007.

Radiohead – All I Need

Crítica / Radiohead – The King Of Limbs: uma das obras mais emocionantes e sentimentais da banda

Sem deixar de lado os recursos eletrônicos, o novo álbum do Radiohead alcança diretamente o coração

Apenas 8 faixas de uma obra que parece ser apenas o início de um grande projeto vai diretamente ao encontro das expectativas dos fãs de Radiohead, acostumados à sonoridade incomum e original, às belas melodias, ao falsete (marca registrada de Thom Yorke) nas canções, à já de costume presença de música ambiente, letras simples… Tudo que conhecemos de Radiohead está em The King Of Limbs. O que este novo trabalho traz de mais marcante é suavidade de cada música, melodias extremamente comoventes e uma atmosfera suspensa entre frieza, melancolia e emoção.

De início, The King Of Limbs começa de forma mais agressiva. Bloom abre o disco com força e energia, com o destaque para a bateria representando tambores tribais, em seguida vem Morning Mr. Magpie, seguindo a mesma linha enérgica, mas que não está entre os pontos altos do álbum.

Little By Little é a música mais interessante em termos de arranjo. Cordas, metais, voz e o som eletrônico produzem uma incrível atmosfera que precede os highlights do álbum. Vamos a eles:

Feral tem um pouco do que vimos em In Rainbows: a percussão mixada com batidas eletrônicas, dessa vez (e nessa música) coberta pelo Dubstep.

Lotus Flower, o primeiro single, é uma das canções de maior alcance, principalmente pela beleza única de sua melodia e a intensa performance de Thom Yorke à frente dos vocais. A música ambiente está em perfeita harmonia e constrói o clima denso e provoca uma sensação de sonho no ouvinte. No clipe acima podemos notar a postura antipopstar, indiepride e frontman lado B que é o Thom Yorke. De fato ele se envolve intensamente com sua música, mas a atitude no vídeo nada mais é que um freak-show calculado. E isso não é ruim! Quase 6,5 milhões de visualizações é o resultado de uma excelente estratégia para atrais olhares e ouvidos à música do Radiohead. Talvez a atitude mais pop da banda desde a ousada forma encontrada para vender In Rainbows.

Codex é uma faixa mais triste, mesmo com elementos mais pop, com uma linha melódica que remete até mesmo às clássicas canções do Oasis, só que bem mais introspectiva e com a cara do Radiohead. Logo a música que tem o nome diretamente associado a elementos eletrônicos, é a que soa mais orgânica e que enfatiza voz e piano. Mas não é à toa: codex significa originalmente “tronco de árvore”.

Give Up The Ghost é um lamento emocionante conduzido por Thom Yorke, em três vozes que se complementam e produzem um dos melhores resultados do álbum.

Concluindo, temos Separator, outra bela canção. A segunda melhor do álbum. Uma das mais simples e apesar de não identificarmos um elemento pop que justifique a imediata aceitação, achamos que esta pode ser um dos próximos singles.

Ouça aqui nova música e clipe de Lotus Flower, do Radiohead

Faixa do álbum ‘The King Of Limbs’ já está circulando pela web


Para os fãs que acompanham os passos do Radiohead, Lotus Flower não é exatamente  uma novidade. Em 2009, Thom Yorke apresentou a música no Echoplex, em Los Angeles. Com a banda completa, a música foi tocada pela primeira vez num show beneficente para arrecadar doações para o Haiti, em 2010. A última vez que a música foi executada foi em 25 de fevereiro de 2010, em Cambridge.

E a banda já lançou de uma vez música e clipe. Como vocês podem ver, Thom Yorke aparece dançando de forma bastante excêntrica, o que já causa bastante estranhamento só pelo fato dele estar dançando. Yorke produz um espetáculo freak, introspectivo, singular, intenso e assimétrico. É quase uma órbita uraniana.

UPDATE:

O lançamento do álbum foi antecipado em 24 horas. Sabe o que isso significa? Que ele sai hoje (18/02) e não amanhã, como estava programado. O álbum já esta sendo enviando àqueles que já o encomendaram. Havia uma transmissão de The King Of Limbs programada para Tóquio hoje, mas foi cancelada por motivos de segurança. E os rumores se confirmaram: o álbum tem mesmo ‘apenas’ 8 faixas. Confira o tracklisting:

‘Bloom’
‘Morning Mr Magpie’
‘Little By Little’
‘Feral’
‘Lotus Flower’
‘Codex’
‘Give Up The Ghost’
‘Separator’

[Fonte: NME]

Radiohead lança novo álbum dia 19 de fevereiro!

Isso mesmo, a banda anunciou data, site e nome para o novo trabalho

A banda modificou o modelo adotado em  In Rainbows e agora a estratégia de venda é outra: será um pacote com uma coleção de itens para os fãs e o material digital terá distribuição rápida. Estratégias para combater os vazamentos não oficiais. Será um extravagante pacote que incluirá 2 álbuns de vinil 10″ , 1 CD, um design especial e mais. As versões digitais exclusivas também estarão disponíveis.

O nome do novo disco é The King Of Limbs e é descrito pela banda como o “primeiro álbum de jornal do mundo”.

Já é possível encomendar o álbum no site do The King Of Limbs!

Reforçando: The King Of Limbs é o próximo álbum do Radiohead e será lançado ainda neste mês, dia 19/02!

Os 40 álbuns mais aguardados de 2011!

2010 foi um ótimo ano para a música, com excelentes álbuns e grandes destaques no universo musical. Mas e o que esperar para 2011? Nós selecionamos os 40 grandes lançamentos da música neste ano e você confere a lista abaixo, lembrando que estes nomes estão previstos para lançarem novos trabalhos em 2011, mas podem haver alterações. Decidimos também classificar alguns dos álbuns em mais esperados, follow-ups, debutes e grandes retornos.

Destacamos alguns lançamentos da seguinte forma:

Os Mais Esperados

Álbum de Estreia

Segundo Álbum

Grandes Retornos

1. Radiohead

Um álbum do Radiohead será sempre o mais aguardado em qualquer ano, simplesmente por que estamos falando de Radiohead, ainda mais com antecessores como Ok, Computer, Kid A e In Rainbows. Ainda não há data de lançamento.

2. The Strokes (22/3)

Os Strokes devem voltar finalmente em 2011. De acordo com as notícias que circularam em 2010, o álbum está praticamente pronto, apenas sendo finalizado.

Update: novo álbum deve sair em março, segundo o baixista da banda. Nikolai Fraiture disse que o álbum deve ter o estilo clássico do som dos Strokes.

3. Lady Gaga – Born This Way (23/5)

Depois do The Fame e do The Fame Monster, grandes sucessos comerciais, Lady Gaga prometeu lançar o álbum da década. Pela promessa, é esperar para ver.

4. Kanye West e Jay-Z – Watch The Throne

Os dois maiores nomes do hip hop mundial farão uma parceria que promete ser épica. O sugestivo nome de Watch The Throne já nos dá uma ideia de que esse projeto será grande.

5. R.E.M – Collapse Into Now (Abril)

A expectativa em torno de um álbum do R.E.M é sempre grande e o sucessor de Accelerate já causa ansiedade, ainda mais depois dos teasers que a banda vem lançando na internet.

6. Britney Spears (Março)

O sétimo álbum da diva pop gera grande curiosidade na música pop por algumas razões: se fará sucesso, como será a sonoridade do álbum e por ser a Britney Spears. Mas a grande questão será a, já estabelecida, rivalidade entre Britney e Lady Gaga. Quem dominará a música pop em 2011? Britney Bitch ou a Mother Monster?

7. The Ting Tings

O primeiro álbum do Ting Tings causou furor no Reino Unido e a expectativa pelo segundo disco é grande. De acordo com a banda, esse será mais obscuro e lado B que o primeiro CD.

8. Foo Fighters

O Foo Fighters estará de volta em 2011, depois de terem anunciado uma pausa por tempo indeterminado. O que se sabe até agora sobre o novo trabalho é que será num estilo rock de garagem, mais orgânico.

Veja a confirmação no Twitter do Foo Fighters.

9. PJ Harvey – Let England Shake (14/2)

A cantor britânica volta depois de 4 anos com seu oitavo álbum de estúdio. O trabalho foi escrito durante a criação do disco White Chalk e realizado em 5 semanas.

10. Coldplay

Depois de mudar sua sonoridade com o aclamado disco Viva la Vida or Death and All His Friends, resta esperar para ver o que o Coldplay está preparando para seu quinto álbum. Assim como no último, a banda segue trabalhando com o produtor Brian Eno.

11. Adele – 21 (24/1)

12. Fiona Apple

13. U2 – Songs Of Ascent

O álbum é produzido por Danger Mouse e Will.I.Am.

14. Greenday – Awesome As Fuck (15/3)

O álbum já consta no catálogo da Amazon.

15. Beastie Boys – Hot Sauce Committee, Vol. 2

16. Vanguart

O disco da banda de Cuiabá está previsto para o segundo semestre.

17. Dr. Dre – Detox

18. James Blake – James Blake (7/2)

19. Death Cab For Cutie – Codes & Keys

20. Beady Eye – Different Gear, Still Speeding

A banda de Liam Gallagher pós-Oasis.

21. Madonna

Pharell Williams confirmou que está trabalhando com Madonna e que o próximo álbum da rainha do pop deve chegar no 2º semestre.

22. Franz Ferdinand

23. Beck

24. Marisa Monte

25. Cher

26. Red Hot Chilli Peppers

27. Santigold

28. No Doubt

29. Amy Winehouse

Sabe-se pouco sobre o possível novo trabalho da Amy, apenas que está previsto para 2011.

30. Cake – Showroom Of Compassion (11/1)

31. The Decemberists – The King is Dead (18/1)

32. Missy Elliot – Block Party

33. Avril Lavigne – Goodbye Lullabye (8/3)

34. Blink 182

35. Lupe Fiasco – Lasers (14/2)

36. Portishead

37. Panda Bear – Tomboy

38. Toro Y Moi – Underneath The Pine (22/2)

39. Drake – Take Care

40. Björk

Em 03.12.2010 para o Pitchfork sobre se estava trabalhando em algo no momento: “Sim, estará pronto em poucos meses.”

Álbum novo do Radiohead está quase pronto

O sucessor de In Rainbows está em processo de finalização

Por Romulo Rodhrigues

O guitarrista Ed O’Brien disse que o novo disco está na reta final. O próximo álbum do Radiohead está cercado de mistérios, não se sabe qual é nome do disco, nem se a banda segue trabalhando com seu produtor de costume, Nigel Godrich. Nem pode-se dizer ainda como deverá ser o som desse novo álbum. O’Brien apenas declarou que este CD será o “departamento dramático” de In Rainbows, último disco da banda. O guitarrista ainda revelou que o novo álbum será bem diferente do último trabalho da banda.

Será que o Radiohead repetirá a forma de vender In Rainbows com seu próximo álbum? Resta a dúvida, já que em relação a este último álbum da banda, o Radiohead causou uma revolução no universo da música digital, possibilitando que seus fãs pagassem o que bem desejassem por uma ou duas músicas, ou mesmo pelo álbum inteiro.

Vídeo da música 15 Step, do álbum In Rainbows

Recentemente, o vocalista do Radiohead, Thom Yorke disse que as grandes gravadoras estão afundando e que é apenas uma questão de tempo, talvez alguns meses. “Quando a grande indústria morrer, não será uma grande perda para o mundo”, disse Yorke a um grupo de jovens artistas.

Ed O’Brien manifestou seu desejo de que gostaria que o novo álbum estivesse ao alcance dos fãs até o fim deste ano, mas disse que o processo é longo e que infelizmente não sabe se isso será possível.

Nuvem de tags

%d blogueiros gostam disto: